Como Fazer Desenhos Realistas



 Bom desenhos realistas ou até hiper realistas são fascinantes independente do modelo, saber representar expressões, idade, faixa etária, raça, personalidade, humor e muitas outras coisas , são o elemento crucial para esse tipo de desenho.


 Nesse artigo busquei me focar em reunir informações sobre o rosto humano, mais em breve outros posts serão publicados sobre desenhos realistas e do mesmo segmento.

A CABEÇA HUMANA


Para começar, temos que dominar bem o desenho da cabeça humana


1.Desenhe um retângulo
2.Divida-o em três partes e meia, horizontalmente


3.Divida o retângulo verticalmente ao meio e desenhe nele um círculo e meio oval, deixando espaço entre essa figura e as linhas verticais do limite do retângulo.
4.Observe as marcações da cabeça de frente: divide-se em três partes e meia, sendo que a parte de cima vai do topo da cabeça até as raízes do cabelo; a segunda parte vai até a linha das sobrancelhas. Na terceira parte será traçada a linha da base do nariz e, por último, a linha do queixo.


5. Agora dividimos a cabeça verticalmente em 12 partes iguais. Horizontalmente vamos dividir apenas a linha que vai da base do nariz até a base do queixo em três partes iguais e no espaço que vai na base do nariz ao primeiro terço, será desenhado a boca. A largura do olho ocupa a divisão 3-5( e 7-9). Note que a largura do nariz(5-7) equivale a largura de um olho e a altura das orelhas está entre a linha da sobrancelha e a da base do nariz.
6.A cabeça de lado divide-se em três unidades e meia, tanto vertical, como horizontalmente. Note que consideramos essa divisão lateral desde a ponta do nariz até a nuca.
O rosto ocupa três partes_ verticalmente_da primeira unidade. Sendo que o nariz ocupa a primeira dela; a boca, a segunda e o olho, a terceira.
A orelha é ligeiramente inclinada para trás e ocupa o espaço que compreende a distância da linha da sobrancelhas até a linha da base do nariz, como no desenho da cabeça de frente.
7.Essas mesmas proporções são usadas na cabeça feminina, porém em tamanho menor.
 A cabeça do homem tem as linhas mais angulosas, principalmente as da testa, nariz e queixo. As sobrancelhas são mais próximas dos olhos e as orelhas maiores. Já a da mulher, geralmente apresenta linhas mais suaves e arredondadas, orelhas menores, lábios mais carnudos, nariz pequeno, queixo arredondado e as sobrancelhas mais arqueadas e distantes dos olhos.


8. Mais as regras anteriores não são rígidas. Há uma infinidade de tipos de rostos alterando alterando assim essas proporções. Aqui, temos alguns exemplos dessas diferenças.

9. Observe a diferença relacionada a idade, raça e características individuais, procurando fazer seu desenho o mais natural possível.



10. Para desenhar rostos de bebês e crianças nos primeiros anos de vida, podemos utilizar um retângulo mais achatado como base, dividi-lo ao meio. A maior parte da face ocupará a parte inferior do retângulo e a cabeça a outra parte.



11.Essas proporções vão se modificando gradativamente á medida que crescem, e voltamos a utilizar o retângulo como base para o desenho.
12.Note que esse retângulo demarcatório vai se alongando e a cabeça ocupa, agora um espaço bem menor, enquanto a face ocupa outro retângulo, bem maior.



13. Na idade mais avançada, algumas alterações visíveis devem ser observadas e aplicadas ao desenho(dependendo das características do modelo), tais como: aumento de rugas; pálpebras caídas; aumento dos lóbulos das orelhas e da ponta do nariz e bolsas embaixo dos olhos.
14.Em pessoas magras, os ossos do crânio ficam mais em evidência e, em muitos casos, na idade bem avançada, o maxilar inferior apresenta-se levemente projetado para frente.



15.Para que se possa sombrear o desenho da cabeça humana, dando “volume”, é preciso entender que esta se divide em uma parte arredondada , o crânio, achatada nos lados, e a parte do rosto, mais ovalada e apresentando “planos”.

16.Nessa sequência de desenhos, observe que as partes escuras mostram os pontos onde há achatamentos e reentrâncias que formam os planos da cabeça. Aprenda a identificá-las e lembre-se que cada pessoa as apresentam de forma peculiar, variando de acordo com a quantidade de gordura; conformação óssea e muscular; idade; tipo racial e etc. Procure não faze-las muito marcantes nos desenhos de rostos de mulheres.
Procure desenhar a cabeça humana em várias posições. Procure alguém para pousar para você enquanto vai fazendo seus estudos.
O desenho de observação de um modelo vivo é o melhor jeito de aprender. Utilize também fotos com iluminação que valorize as formas do rosto.

ILUMINAÇÃO

01.Procure utilizar uma fonte de iluminação ampla, mais não tão intensa a ponta de não permitir que haja uma variação nos tons do sombreado. A luz natural vinda de uma janela é uma boa escolha. Permita que o modelo fique em uma posição natural e confortável, e que possa movimentar-se um pouco para descansar. 


02.Faça um esboço rápido, delimitando as áreas de luz e as de sombra.
03.Utilize uma placa de isopor grande ao lado do modelo para que a luz incida nela e reflita nele.
04.Cuidado para que a iluminação não seja fraca a ponto de projetar sombras escuras, fazendo com que você não veja bem determinadas partes do rosto do modelo.

05.Para tomar medidas utilize o lápis como referência, ou até mesmo uma régua (figs. A e B). Lembre-se de que , além da personalidade, a diferenças de proporções no rosto caracterizam cada pessoa, por isso é importantíssimo que sejam bem retratadas.

06. É importantíssimo que você consiga captar a personalidade da pessoa que está retratando. Nesses exemplos, podemos antever o mais provável tipo de temperamento de cada uma das pessoas retratadas.

07.Podemos variar o tipo de acabamento que daremos a arte, de acordo com a aparência ou personalidade do modelo ou a nossa própria intenção de enfatizar características que sentimos ser importantes em cada caso.



08. Na imagem um acabamento bem solto e forte, utilizando-se o lápis de grafite aquarelável, combina com o tipo descontraído e moderno do cabelo.



09.Nessa imagem acima o uso de papel granulado e o acabamento com uma barra de grafite dá um aspecto rústico a essa jovem de aparência sensual e enigmática.



10.Já nessa outra imagem acima, onde foi utilizado um papel de grão mais fino e a mesma barra de grafite, o desenho foi traçado suavemente e com pouca definição, focando bem o rosto e a expressão do modelo. O fundo escuro contrasta com o desenho claro de linhas soltas.



11.Nesse retrato de Salvador Dali, uma técnica bem convencional foi usada com traços mais finos com lápis 5B e um desenho bem delineado. A ênfase na representação do olhar misteriosamente ensandecido do gênio é um dos pontos que fortemente caracterizam sua personalidade.



12.Nessa outra imagem de Pablo Picasso, o olhar também é o ponto central que atrai e demonstra a personalidade forte do modelo. Para realçar mais o aspecto força e vivacidade, foi utilizada uma técnica mais solta com sombras fortes e tracejados irregular de uma barra de grafite sobre um papel granulado.

 Logo postarei mais sobre desenhos realistas, espero que este artigo tenha ajudado. Navegue pelo blog e aprenda a desenhar com nossos tutoriais completos!

 Fiquem antenados que logo logo voltaremos com mais um super post sobre como desenhar de forma realista! Abraços e fiquem de olho nas nossas novidades no Facebook! Abraços!


Um comentário

  1. excelente trabalho,adoreei as dicas,to tentando aprender com base nelas,na minha casa,muitos amigos e familiares dizem que eu desenho bem,mas,nunca tentei aprender com um profissional,tipo,uma aula de desenho,sabe,pegar técnicas e tudo mais,agora com esse site,to favoritando aqui pra quando eu precisar de dicas,sei onde encontrar,adorei mesmo,parabéns !!!